Açude

O nome da Comunidade AÇUDE se originou no açude que é atualmente um local de fonte de renda da comunidade, ele foi construído em 1948, ainda município de Cícero Dantas cujo prefeito na época era João Pereira, com ajuda da comunidade através de banguês e jegues com caçoar e carro de boi. Ao decorrer dos anos precisamente em 1952 houve o primeiro esvaziamento do açude e o segundo em 1959 o terceiro em 2002 e o quarto em 2011 aonde vêm castigando não só a comunidade  Queimada Grande como o município de Fátima o qual pertence. O açude da Queimada Grande e banhada pelo Rio Carrapato que nasce na ladeira da cruz no município de Cícero Dantas, por tantos anos sem manutenção o prefeito José Ildefonso (NEGO) da cidade de Fátima fez a limpeza com o maquinário do SAM_3228-300x225município deixando pronto para receber as águas das chuvas e trovoadas. O açude passa por uma situação caótica a cerca de quase 02 anos sabemos que a situação de alguns municípios nordestinos passa por este momento de estiagem. O açude outrora era um ponto turístico que recebia vários turistas da Bahia e estados vizinhos contava com um delicioso banho de água doce, quiosque com cervejas geladas, sucos, refrigerantes o tradicional peixe assado e moquecas variadas um belo som ao vivo para atender os turistas.-Depois desta grande estiagem a quase 02 anos , o turista se ausentou do povoado Queimada Grande por falta de opção , a situação é caótica dos agricultores daquela região.O dono do bar mais velho o senhor Renato Ferreira Santos, conhecido como Paca da informação que nunca viu tanta dificuldade, graças ao empenho do prefeito José Ildefonso (NEGO), os moradores da região conta com água encanada e alguns poços artesianos, só resta aguardar a benção de Deus.Já o agricultor João Batista de Oliveira (BATISTA) faz marabalismo para sobreviver e tirar os sustentos de sua família, mesmo o açude seco existe no sub solo de 5 a 8 metros alguns minantes que através de motores bombas capta água para irrigação das lavouras, frutas, cereais e aves a exemplos :laranjas, quiabo, goiaba,feijão de corda , maxixe, tomate,couve-flor, mamão, milho, manga, alface, banana, coco, maracujá, acerola, pimentão, macaxeira,criação de galinhas caipiras e a reprodução do tradicional ovos de capoeira.Com tanta dificuldade e muita determinação o agricultor Batista Vieira e toda a sua família vive feliz recepcionando parentes, amigos, autoridades em sua residência o agricultor afirma que não se sente abatido não desiste nunca e espera que o bom Deus tome providências Divina na hora certa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *